Perdas de R$ 81,2 milhões no primeiro trimestre representam uma alta de 2,5 vezes em relação ao mesmo período do ano anterior