O aumento das taxas de frete elevou os custos de transporte de petróleo dos Estados Unidos para a Ásia e pode restringir o fluxo do produto norte-americano para a região no final deste ano, disseram várias fontes comerciais e de navegação nesta quinta-feira.

As taxas de frete para navios-tanque que transportam petróleo bruto subiram globalmente, impulsionadas pela demanda sazonal, interrupções climáticas e custos mais elevados do combustível de navios, disseram as fontes.

O custo para fretar uma embarcação Very Large Crude Carrier (VLCC), capaz de transportar 2 milhões de barris de petróleo, na rota da costa do Golfo dos Estados Unidos até Coreia do Sul e Japão, subiu para mais de 7 milhões de dólares nesta semana, 1 milhão a 2 milhões de dólares a mais frente a semana anterior, disse um corretor de navios.

Embarcar um barril de petróleo do Porto de Louisiana, no Golfo do México, em um VLCC, para o centro de refino de Cingapura, no Sudeste Asiático, custava 3,26 dólares em 10 de outubro, acima do 1,78 dólar observado no mês anterior, segundo dados do Refinitiv Eikon.

"O frete é muito caro hoje em dia, tornando cada tonelada mais cara", disse um comprador de petróleo no norte da Ásia.