O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, visitará nesta sexta-feira a sede da Petrobras, onde se reunirá com a cúpula da empresa, segundo informações da assessoria de imprensa da estatal.

O encontro acontece em um momento em que o futuro presidente Jair Bolsonaro avança na formação de sua equipe de governo, mas ainda sem nomes definidos para o Ministério de Minas e Energia e a petroleira.

O atual presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, disse nesta semana que ainda não conversou com Bolsonaro sobre seu futuro na empresa, embora a petroleira já venha disponibilizando informações a um grupo de transição de governo.

A emissora de televisão GloboNews afirmou na quarta-feira que Monteiro deverá ser mantido no comando da estatal por Bolsonaro.

Questionado sobre o tema, no entanto, Bolsonaro disse na própria quarta-feira que quem tratará da definição do presidente da estatal será seu futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.

Mourão e Guedes tiveram reuniões nesta semana com o ex-secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia no governo Temer, Paulo Pedrosa, para discutir políticas para o setor de energia, mas ainda não há uma definição sobre se ele será convidado a assumir um cargo no governo.

Pedrosa tem interagido com a equipe de Bolsonaro, principalmente por meio do professor Luciano de Castro, da Universidade de Iowa, que tem assessorado o presidente eleito nas propostas para a área de energia.

A equipe de Bolsonaro chegou ainda em outubro a sondar informalmente o ex-diretor da Vale e ex-conselheiro da Petrobras Roberto Castello Branco sobre seu interesse em eventualmente assumir o comando da petroleira, segundo fontes próximas ao assunto.