Novo ministro de Infraestrutura vai ampliar diálogo com o setor privado Tweet INFORME ATP- 3 de janeiro de 2019 Novo ministro de Infraestrutura vai ampliar diálogo com o setor privado O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, recebe os cumprimentos do diretor-presidente da ATP, Murillo Barbosa Com expectativas otimistas, o setor portuário privado deu boas-vindas ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas que assumiu, nesta quarta-feira (2/1), o Ministério da Infraestrutura. A pasta, que substitui o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), conduzirá os temas relativos à infraestrutura logística e de transporte de cargas do país.   Presente na cerimônia de apresentação do novo ministro, o diretor-presidente da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), Murillo Barbosa, destacou que o gestor escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro reúne qualidades importantes para o cargo. “Vemos de forma positiva a nomeação de um perfil técnico, com ampla experiência no setor. Acreditamos que será uma gestão positiva para a infraestrutura do país”, considerou Barbosa. Em seu discurso, o novo ministro afirmou ser uma prioridade do governo federal a ampliação dos investimentos nos setores de infraestrutura e propõe uma aproximação ainda maior com o setor privado. “É necessário fazer um rearranjo institucional que nos dê resultado. Para isso, teremos muito diálogo com o setor privado, em busca de soluções adequadas para atender as principais demandas dos portos, das rodovias e das ferrovias, para que sejam solucionadas durante meu mandato”, disse. De acordo com Freitas, entre as ações prioritárias estão os portos do Arco Norte e a finalização da BR-163. “Neste novo ciclo de responsabilidades, vamos colocar mais um tijolo nessa caminhada, honrando o trabalho dos que já passaram por esse cargo, mas também, possibilitando os investimentos na infraestrutura, para garantir o aumento da competitividade do país”, ressaltou. Freitas lembrou ainda os passos para desburocratização, a partir da transformação digital, utilizando a tecnologia da informação para facilitar os trâmites para setor produtivo, também responsável por geração de empregos. TRANSMISSÃO DE CARGO - Tarcísio de Freitas sucede a Valter Casimiro que, por sua vez, assumirá a Secretaria de Mobilidade do Governo do Distrito Federal. Em comum, ambos gestores atuaram junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Durante o governo Temer, desde julho de 2016, Freitas esteve à frente da Secretaria de Coordenação de Projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Joana WightmanCoordenação de Comunicação ATPContatos: (61) 3032-1931 / 3201-0880 / 98483-5503Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = 'comunicacao' + '@'; addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc + 'portosprivados' + '.' + 'org' + '.' + 'br'; var addy_text81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = 'comunicacao' + '@' + 'portosprivados' + '.' + 'org' + '.' + 'br';document.getElementById('cloak81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc').innerHTML += ''+addy_text81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc+'<\/a>';

Novo ministro de Infraestrutura vai ampliar diálogo com o setor privado

Tweet INFORME ATP- 3 de janeiro de 2019 Novo ministro de Infraestrutura vai ampliar diálogo com o setor privado O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, recebe os cumprimentos do diretor-presidente da ATP, Murillo Barbosa Com expectativas otimistas, o setor portuário privado deu boas-vindas ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas que assumiu, nesta quarta-feira (2/1), o Ministério da Infraestrutura. A pasta, que substitui o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), conduzirá os temas relativos à infraestrutura logística e de transporte de cargas do país.   Presente na cerimônia de apresentação do novo ministro, o diretor-presidente da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), Murillo Barbosa, destacou que o gestor escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro reúne qualidades importantes para o cargo. “Vemos de forma positiva a nomeação de um perfil técnico, com ampla experiência no setor. Acreditamos que será uma gestão positiva para a infraestrutura do país”, considerou Barbosa. Em seu discurso, o novo ministro afirmou ser uma prioridade do governo federal a ampliação dos investimentos nos setores de infraestrutura e propõe uma aproximação ainda maior com o setor privado. “É necessário fazer um rearranjo institucional que nos dê resultado. Para isso, teremos muito diálogo com o setor privado, em busca de soluções adequadas para atender as principais demandas dos portos, das rodovias e das ferrovias, para que sejam solucionadas durante meu mandato”, disse. De acordo com Freitas, entre as ações prioritárias estão os portos do Arco Norte e a finalização da BR-163. “Neste novo ciclo de responsabilidades, vamos colocar mais um tijolo nessa caminhada, honrando o trabalho dos que já passaram por esse cargo, mas também, possibilitando os investimentos na infraestrutura, para garantir o aumento da competitividade do país”, ressaltou. Freitas lembrou ainda os passos para desburocratização, a partir da transformação digital, utilizando a tecnologia da informação para facilitar os trâmites para setor produtivo, também responsável por geração de empregos. TRANSMISSÃO DE CARGO - Tarcísio de Freitas sucede a Valter Casimiro que, por sua vez, assumirá a Secretaria de Mobilidade do Governo do Distrito Federal. Em comum, ambos gestores atuaram junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Durante o governo Temer, desde julho de 2016, Freitas esteve à frente da Secretaria de Coordenação de Projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Joana WightmanCoordenação de Comunicação ATPContatos: (61) 3032-1931 / 3201-0880 / 98483-5503Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = 'comunicacao' + '@'; addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc + 'portosprivados' + '.' + 'org' + '.' + 'br'; var addy_text81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = 'comunicacao' + '@' + 'portosprivados' + '.' + 'org' + '.' + 'br';document.getElementById('cloak81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc').innerHTML += ''+addy_text81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc+'<\/a>';

INFORME ATP- 3 de janeiro de 2019

Novo ministro de Infraestrutura vai ampliar diálogo com o setor privado

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, recebe os cumprimentos do diretor-presidente da ATP, Murillo Barbosa

Com expectativas otimistas, o setor portuário privado deu boas-vindas ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas que assumiu, nesta quarta-feira (2/1), o Ministério da Infraestrutura. A pasta, que substitui o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), conduzirá os temas relativos à infraestrutura logística e de transporte de cargas do país.

Presente na cerimônia de apresentação do novo ministro, o diretor-presidente da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), Murillo Barbosa, destacou que o gestor escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro reúne qualidades importantes para o cargo. “Vemos de forma positiva a nomeação de um perfil técnico, com ampla experiência no setor. Acreditamos que será uma gestão positiva para a infraestrutura do país”, considerou Barbosa.

Em seu discurso, o novo ministro afirmou ser uma prioridade do governo federal a ampliação dos investimentos nos setores de infraestrutura e propõe uma aproximação ainda maior com o setor privado. “É necessário fazer um rearranjo institucional que nos dê resultado. Para isso, teremos muito diálogo com o setor privado, em busca de soluções adequadas para atender as principais demandas dos portos, das rodovias e das ferrovias, para que sejam solucionadas durante meu mandato”, disse. De acordo com Freitas, entre as ações prioritárias estão os portos do Arco Norte e a finalização da BR-163.

“Neste novo ciclo de responsabilidades, vamos colocar mais um tijolo nessa caminhada, honrando o trabalho dos que já passaram por esse cargo, mas também, possibilitando os investimentos na infraestrutura, para garantir o aumento da competitividade do país”, ressaltou. Freitas lembrou ainda os passos para desburocratização, a partir da transformação digital, utilizando a tecnologia da informação para facilitar os trâmites para setor produtivo, também responsável por geração de empregos.

TRANSMISSÃO DE CARGO - Tarcísio de Freitas sucede a Valter Casimiro que, por sua vez, assumirá a Secretaria de Mobilidade do Governo do Distrito Federal. Em comum, ambos gestores atuaram junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Durante o governo Temer, desde julho de 2016, Freitas esteve à frente da Secretaria de Coordenação de Projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Joana WightmanCoordenação de Comunicação ATPContatos: (61) 3032-1931 / 3201-0880 / 98483-5503Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = 'comunicacao' + '@'; addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = addy81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc + 'portosprivados' + '.' + 'org' + '.' + 'br'; var addy_text81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc = 'comunicacao' + '@' + 'portosprivados' + '.' + 'org' + '.' + 'br';document.getElementById('cloak81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc').innerHTML += ''+addy_text81ce4275cb5f97743a0b5601ebc307bc+'<\/a>';